NOTÍCIAS

17.06.2006 - 14h20
Rotary chimarrão envia primeiro intercambista aos estados unidos
“Foi inesquecível. Participei e conheci coisas que nunca imaginei. Superou as expectativas”. É assim que o venâncio-airense Wilson Vargas define o intercâmbio de estudos que realizou nos Estados Unidos por intermédio do Rotary Club Venâncio Aires Chimarrão. O professor de inglês, que dá aulas particulares e na escola de idiomas CCAA, ficou nos EUA de 5 de maio a 17 de junho, visitando e conhecendo Rotarys Clubs, a cultura e pontos turísticos norte-americanos.

O Intercâmbio de Grupos de Estudos (IGE), promovido pelo Rotary Club, tem duração de aproximadamente um mês, porém Wilson ficou mais 10 dias no país, hospedado na casa de amigos. Durante o período de duração do intercâmbio, ele e mais três brasileiros ficaram hospedados nas casas de diversos rotarianos com todas as despesas pagas. Dentre os lugares que o professor pôde conhecer estão Washington, Nova Iorque, Filadélfia, Atlantic City e Las Vegas.

“Tudo é gigantesco, os prédios e até mesmo os carros têm que ser grandes”, afirma Wilson, mostrando a empolgação de quem foi pela primeira vez ao país. De acordo com ele, são selecionados para este programa de intercâmbio jovens que podem levar algo e trocar experiências. Durante o tempo que esteve hospedado com rotarianos, o intercambista participou de seis reuniões do clube, sendo que em uma delas ele se apresentou, falando sobre o Brasil e sobre si mesmo. “Eles perguntavam muito sobre o processamento do álcool”, exemplifica Wilson, completando que os americanos têm muita curiosidade devido ao fato de nos EUA o etanol ser retirado de outras plantas e não da cana de açúcar.

Conforme Wilson, que conheceu o programa de intercâmbio através de um ex-aluno, a viagem valeu a pena e como ele domina a língua inglesa não encontrou maiores dificuldades. Durante a estadia nos Estados Unidos, os intercambistas cumpriram um roteiro, que definia as programações para todo o período. “Eles são muito organizados. Dificilmente você encontra alguém que não respeita a lei, pois eles nem furam fila”, afirma, acrescentando que passava todo o dia com os outros brasileiros, que só se separavam à noite, pois ficavam hospedados em casas diferentes.

Contrariando o que a maioria dos brasileiros pensa, Wilson achou os norte-americanos muito hospitaleiros. “As pessoas são extremamente educadas e não prepotentes e arrogantes, como se pensa aqui. Quando descobriam que éramos brasileiros desejavam muita sorte, boa estadia e nós éramos bem recebidos”, ressalta, concluindo que nos EUA as coisas são muito mais baratas, pois os impostos são baixos. “Um tênis da Adidas eu paguei US$ 14,90”, conta entre risos.

RECEPÇÃO – No último sábado, por volta das 17 horas, os integrantes do Rotary Chimarrão e o Governador Distrital João Moacir Ferreira recepcionaram o bolsista Wilson Vargas junto ao trevo de acesso a Venâncio Aires, desfilaram em carreata até a praça evangélica e junto ao Monumento da Bandeira, obra do clube, prestaram uma homenagem ao recém chegado. O Presidente do Rotary Chimarrão, Lúcio Rabuske, destacou que esta foi a primeira oportunidade que o clube teve de incluir um profissional de Venâncio Aires neste programa, mas estão empenhados em apoiar novos candidatos.

IGE – O programa de Intercâmbio de Grupo de Estudos (IGE), desenvolvido pelo Rotary, proporciona a profissionais da comunidade, que não sejam rotarianos, a oportunidade de viajar para outros países buscando o aperfeiçoamento dos seus conhecimentos e também, através do intercâmbio cultural, a paz mundial.